sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

SEM PESAR...


 Hero_by_Sidkwa
 















E a chuva caiu sem pesar...
Encheu a cidade que quase se afoga
Em meio aos detritos da natureza morta

Em meu coração um aparte de toda essa tristeza

Ver a chuva cair dessa forma
Afasta dos meus pensamentos
As sombras que se estendem, soberanas,
como se o sol estivesse a pino


Lava a chuva a dor, a tormenta de minh’alma
Leva de mim o desabor
Leva também o desencanto
E a saudade de um amor que não passou

Passa a chuva, passa o tempo...







Postar um comentário