segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

AMOR X AMIZADE

 


-->
Existem amores que são feitos de silêncios, longas esperas e frases desconexas
que não respondem perguntas e que permanecem na penumbra
ou na entrelinha do entendimento

Existem amores indecisos, recolhidos, que jamais se realizam
e que são feitos de breves encontros, soluços entrecortados e abandonos irreparáveis
Amores de curtos olhares, leves beijos, sinceros abraços, toques rápidos
e que se revestem da aparente normalidade de uma grande, boa, sincera e fiel amizade

Amo a quem me ama
Mas amo também a quem me quer bem, mas, de tão calado, o meu amado
nem sei o que pensa... o que será que tem?
Segredo costurado, firmemente alinhavado
com a dissimulada linha da fatal indiferença

Ai de mim...
Não vivo feliz assim
Há maior desencanto que servir a dois senhores?
Viver perdida entre dois amores?

Existem amores nunca confessados
Que jamais serão vividos
Que jamais serão lembrados

Amores que serão, para sempre, amizades
Encerrados no peito, calados
Como falsas promessas de felicidade
Em constante despedida

Postar um comentário