quinta-feira, 12 de junho de 2008



Querido,

Espero que, onde quer que tu estejas, de alguma forma, possas zelar por nós. Meu amor, custa-me ainda aceitar seguir a vida sem ti. Eu não entendo (e talvez, jamais entenda) os motivos que te levaram a concluir teu destino de uma forma tão prematura e insensata. Penso que se tivesses resistido mais um pouco, um pouquinho que fosse, cairias em ti, e as nuvens negras que nos atormentavam passariam ao largo, levando para longe a violenta tempestade que ameaçava desabar sobre nós. Porém, as nuvens negras permaneceram, e a tempestade, enfim, desabou, mas somente sobre a minha cabeça. Ninguém mora mais em nossa casa; cortaram nossa roseira e tudo ficou frio e sem cor. Sinto tanto a tua falta... tuas filhas também. Os dias passam; e o tormento do qual tento me livrar sem muito sucesso, ainda é o mesmo, tudo me lembra você... e o que fazer com tanta dor? Todos diziam que isso iria passar, era só dar tempo ao tempo, mas, infelizmente, não sinto isto acontecer.
Anna Clara, a Danda, o nosso baby sol/baby soul está tão engraçada... Cada dia mais inteligente. Luisa, cada vez maior, bonita e esperta. Com o tempo, administrará sua vida (se Deus quiser) no caminho que lhe indicamos e de uma maneira melhor e mais produtiva que a nossa. Vê-la crescer dessa forma me tranqüiliza, pois além de poder cuidar de si mesma, saberá cuidar também de sua irmã.
Quase nada se modificou desde que te foste. O Brasil, e o resto do mundo continuam turbulentos e as perspectivas de um futuro não são nada animadoras. Tento deixar de lado meus sombrios pensamentos, mas não tem sido nada fácil. Sei que nunca terei respostas para o teu gesto insensato, todavia, indago-me o porquê dessa tua atitude todo santo dia. Algumas vezes sinto-me traída e custo a te perdoar... deixaste-me sem esperanças, com duas crianças pra cuidar e um caminho solitário a percorrer.. de qualquer forma,feliz dia dos namorados. Peço a Deus, Senhor dos Mundos, que me dê aceitação, pois somente assim eu terei um pouco de paz. Para ti, peço apenas que Ele te complete e te ilumine; para que, enfim, de volta ao caminho correto, possas obter o Seu perdão.

Com Deus
Com amor
Daquela que não te esquece
Postar um comentário