segunda-feira, 24 de março de 2008

NO MEIO DO REDEMOINHO



NO MEIO DO REDEMOINHO



A menina no meio do redemoinho
A ovelha no meio do redemoinho
O pastor no meio do redemoinho
O tempo no meio do redemoinho

A menina chora
A ovelha bale
O pastor se cala

O tempo dança
 

No meio do redemoinho

A criança expirou
A ovelha se perdeu
O pastor nada encontrou


No meio do redemoinho
O tempo, que era pouco, se acabou


Do livro RÉQUIEM; Virgínia Allan, Editora Scortecci

Postar um comentário