quinta-feira, 25 de março de 2010

CONTO ACUMULATIVO (OU AFLITIVO?!)




Posso afirmar com todas as letras, foi sim, amor à primeira vista o que aconteceu entre os dois. Amor à primeira vista sim, desses que só acontecem em filmes ou então, se tivermos sorte, uma vez na vida. Mas, coitados, eram tão tímidos um com o outro, que ele passou mais de um ano para se declarar e chamá-la para sair. Mas, apesar de tudo, valeu a pena esperar...  foi tão lindo e romântico quando aconteceu... Num belo dia, ele criou coragem para falar de seu amor...  na cidadezinha todos acompanhavam aquela história como uma novela... era enorme a expectativa...  grande a emoção...
Ela, que há tempos esperava por esse acontecimento, ficou felicíssima e correu para casa a fim de se arrumar, entretanto, a ansiedade dele era tamanha, que, antes mesmo da hora combinada, ele já a estava a sua porta... a esperar....
“E ai? O que foi que aconteceu?” 
“E ai, a moça que já era bonita, estava em casa se arrumando, fazendo o possível e o impossível para ficar ainda mais bonita...”
“E aí?”
“Ora, deixa a moça acabar de se arrumar...”
“Então... o que aconteceu?”
“Deixa a moça acabar de se arrumar...”
“E então…?”
“Deixa a moça acabar de se arrumar...”
“E então…?”
Postar um comentário