quinta-feira, 28 de maio de 2009

SEM POR QUE


Nicolas "Rodrigo" Sagrav



Para ser sincero
Os meus segredos
Eu guardo com medo
De me julgarem
Imperfeito

Porém sou eu
Algoz mais tirano
Dos meus defeitos
Da minha forma
Tão sem nexo de amar

E sozinho
Tenho seguido
Procurando
Quem sabe num sorriso
Um abraço
Um abrigo
Onde possa esconder
Meu universo inteiro

E vou
Na fumaça rala
No espaço quadrado
Infinito saber

Pois sei
Sem esperança
E por isso me espalho
Querendo ser
Todos de uma só vez

 

 

Postar um comentário