segunda-feira, 30 de março de 2009

DIAS FRIOS E NUBLADOS



E há cores nos dia frios e nublados
E há risos de crianças
Mesmo dentro de casas fechadas
E ruas silenciosas

E há doces com mil sabores
E gente com mil amores
Mesmo em dias frios e nublados

Há sonho em forma de pão
Pão em forma de sonho
Para quem tem fome
No forno quente da padaria ou na cama
aconchegante do fim de mais um dia

No casebre ou na mansão, porque não?   

É que em dias frios e nublados
Tudo fica meio escondido
Complicado fado
E a tristeza pensa-se infinita

Mas nos cantinhos acomodados
Estão os enamorados
E o pássaro encolhido no fio
Solta um assobio

Mesmo em dias frios e nublados
Há felicidade por todos os lados
E embora tímida, indecisa
Ela também sorri...



 
 
 


Postar um comentário