domingo, 25 de janeiro de 2009

TOM BRASILEIRO




A 25 de Janeiro de 1927, a casa No. 634, do bairro da Tijuca, nascia Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, o nosso maestro Tom Jobim... mas, o que dizer de um músico, poeta e compositor como este? Completo, perfeito... por causa dele minha primeira filha se chama "Luisa", então, para homenageá-lo resolvi brindar a vocês com a letra de FELICIDADE... a música é belíssima, e a letra... bom... tirem suas próprias conclusões... Algumas pessoas nos deixam em uma saudade eterna... Tom Jobim, certamente, é uma delas.
Tom Jobim /Vinicius de Moraes (1959)

Tristeza não tem fim

Felicidade sim
A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor
A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
Pra tudo se acabar na quarta feira
Tristeza não tem fim
Felicidade sim
A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar
A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite
Passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor
Prá que ela acorde alegre como o dia
Oferecendo beijos de amor
Tristeza não tem fim
Felicidade sim



Postar um comentário