quinta-feira, 4 de setembro de 2008

TRÊS BREVES POEMAS PARA ANA C.

Ana Cristina Cesar

A mulher com a sombrinha azul
Passeia num lugar distante
Sombra errante séria
Nem liga se está em Paris
ou Londres
E “A teus pés” desiste dos sonhos
***
Paz para a alma ferida
Perdida por entre soluços
Lá onde vagueia a tristeza
solene, chorosa, magoada
vestida de luto
***
Um floco de neve
Uma gota de chuva
Uma manhã de orvalho
Tudo se desfaz
Ao toque do sol



Postar um comentário