sábado, 6 de setembro de 2008

PARAISO PERDIDO



Constrange-me o lento/veloz passar das horas
e em meu espírito instala-se o desejo impossível do retorno ao paraíso.
Mas pregado à porta deste céu almejado eis um recado: “Paraíso fechado pra balanço. Período de retorno, indeterminado”.

Postar um comentário