quarta-feira, 23 de abril de 2008

SALVE, JORGE!


SALVE, JORGE!

Hoje, dia de São Jorge da Capadócia... Os foguetes, aqui nas redondezas, não param de estourar... nem ia escrever mais nada, até lembrar que hoje é dia do Santo Guerreiro, matador de dragões... "Ogum dos terreiros, abre os meus caminhos". É uma pena que o Ilê de Santa Bárbara, que fica perto de minha casa, e possui mais de cem anos de existência, não abra mais as suas portas... Já algum tempo, os tambores se calaram, não há mais festas nem cantos, mas, certamente haverá procissão. Minha mãe acabou de fazer uma promessa ao Santo e ficou a cantar uma velha canção, a voz sai trêmula, embargada pela emoção, pois os versos da canção, quase nem se recorda mais... Orar é sempre bom... traz paz, diminui a ansiedade... e depois há dragões demais à solta neste mundo, São Jorge deve estar cansado, mas não custa nada implorar por sua ajuda. O dia está pesado, cheio de nuvens... talvez chova outra vez e talvez, não haja lua... Salve, Jorge...! 

***

"Em toda casa tem um quadro de São Jorge,
em toda casa aonde o Santo é guardião
Seja em um barracão de gente pobre ou em um bangalô de gente nobre 
Quem é devoto é só fazer uma oração
que o guerreiro sempre atende com a sua proteção".

***

Oração a São Jorge 

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos tendo pés, não me alcancem; tendo mãos, não me peguem; tendo olhos não me vejam e nem em pensamentos eles possam me fazer mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar. Jesus Cristo me proteja e me defenda com o poder de sua Santa e Divina graça, Virgem de Nazaré me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus com sua Divina Misericórdia e grande poder seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meus inimigos. Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.
Postar um comentário