quarta-feira, 23 de abril de 2008

O SOL EXISTE


Ainda que seja noite
O sol existe
Por cima de pau e pedra
nuvens e tempestades
cobras e lagartos
O sol existe
ainda que tranquem o nosso quarto
e apaguem a luz
O sol existe
(autor...?)

***
Corpos que vagam no azul celeste
aéreos, etéreos, singelos, amigos sinceros
sempre acima de nós, guiando-nos claros
em nossa jornada, dura caminhada.

***
Partia do silêncio da tarde, um soluço melancólico que se abrandou co m um simples bilhete de amor... Doces palavras rabiscadas com pressa sobre um sentimento recente ainda desconhecido... mas, dentro do peito, ainda fechado, selado por uma saudade, um coração batia descompassado, enquanto um sorriso de plena felicidade iluminava-lhe o rosto.


Postar um comentário